Home»Artigos de Foto e Vídeo»OS PRINCÍPIOS DA LUZ NA FOTOGRAFIA E NO CINEMA – A TEMPERATURA DA COR

OS PRINCÍPIOS DA LUZ NA FOTOGRAFIA E NO CINEMA – A TEMPERATURA DA COR

eMania
96
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

Continuando com minha série sobre os princípios da luz na fotografia e no cinema, após o Post LUZ E COR, este post é relacionado com a temperatura da cor.

TEMPERATURA DA COR - Lord Kelvin
Lord Kelvin

No século 19 o cientista e físico escocês Sir William Thomson Baron Kelvin (Lord Kelvin) criou uma forma de medir os desvios de proporção na composição da luz branca, ou seja, quando predominava o vermelho, o amarelo, o azul, etc… Por este processo, imaginava-se um hipotético objeto totalmente negro (chamado por ele de ‘corpo negro’ , porque absorveria 100% de qualquer luz que incidisse sobre ele) que, ao ser aquecido, passaria a emitir luz. E, além disso, a luz emitida iria mudando gradualmente de cor. A analogia era feita era com um pedaço de ferro, aquecido cada vez mais: o chamado ‘ferro em brasa’, inicialmente de cor vermelha, passava por várias tonalidades (amarelo, verde, azul) conforme a temperatura subia mais e mais. Lord Kelvin criou então uma escala de temperaturas, à qual deu seu nome e estabeleceu que à temperatura de 1.200 K (graus Kelvin) o corpo negro tornaria-se vermelho. E que quanto mais aquecido, mais sua tonalidade se alterava, correspondendo a temperaturas intermediárias. Assim, a escala Kelvin de temperatura da cor associa cor e temperatura, como indicado no desenho abaixo:

TEMPERATURA DA COR - Escala Kelvin
Escala Kelvin

Há aqui uma definição, utilizada tradicionalmente por fotógrafos, que costuma causar confusão à primeira vista: cores consideradas ‘quentes’ são cores avermelhadas e cores consideradas ‘frias’ são cores tendendo para o azul. Esta concepção, como se pode ver pelo desenho acima, é exatamente o inverso do que mostram as indicações de temperatura associadas às cores. Assim, quando se fala em uma tonalidade ‘fria’, deve-se imaginar altas temperaturas na escala acima, e o inverso para tonalidades ‘quentes’ . A tabela a seguir mostra várias fontes de luz e temperaturas associadas:

Imagem5

Tipos de Correções da temperatura da Cor:

  • Nos dispositivos eletrônicos (Câmeras, Smartphone, Finalizações (Pós-Produção e Edição de Vídeo)  

White Balance (Balanço do Branco)

  • Nos refletores de iluminação (Tungstênio / Fluorescente / Led)

           Gelatinas de Correção

White Balance:

Os sensores das câmeras registram a luminosidade refletida pelos objetos que estão sendo fotografados ou gravados (filmados). E para capturar as cores dos objetos, as câmeras dependem de ajustes específicos para cada fonte de iluminação, luz natural (daylight) e luz artificial ( Refletores tungstênio, fluorescente, led, etc.) . É esse o papel do White Balance (Balanço do Branco). A nossa visão reconhecem quase que imediatamente o que é branco sob diferentes formas de luminosidade, mas o sensor da câmera digital (CCD/CMOS) tem dificuldades para fazer essa distinção – por isso a necessidade deste ajuste! Não efetuar o ajuste do branco pode causar efeitos indesejados em suas fotos, elas podem ficar com as cores alteradas das cores reais. Nesta série eu vou descrever mais detalhadamente sobre todo o processo do ajuste do branco.

TEMPERATURA DA COR - Ajuste do Branco
Ajuste do Branco

Gelatinas de Correção

Gelatinas de Correção (Color Correction Gel), é uma folha plástica colorida utilizada para alterar a temperatura de determinada fonte de luz. Elas são utilizadas sobre refletores ou sobre janelas e o seu nome derivou-se de um material confeccionado com gelatina animal, e foram utilizadas em teatros nos tempos antigos, quando não havia sido descoberta a matéria prima plástica. As atuais gelatinas, são fabricadas em uma grande variedade de tons e cores, com um  material resistente ao calor gerado pelos refletores. São comercializadas sob a forma de folhas individuais ou rolos. Os tipos mais utilizados de gelatinas são CTB, CTO e ND. Os fabricantes líderes no mercado são a “Lee Filter” e a “Rosco” No próximo post eu também vou descrever todas as suas características.

TEMPERATURA DA COR Catálogo da Lee Filters de Gelatinas de Correção
Catálogo da Lee Filters de Gelatinas de Correção

 

Catálogo Rosco Cinegel de Gelatinas de Correção
Catálogo Rosco Cinegel de Gelatinas de Correção

 

Abraço a todos!!!!

Fernando Rozzo

Post anterior

Artista norueguês cria "fusões" de celebridades com riqueza de detalhes

Próximo post

Dicas de fotografias noturnas de paisagens