Home»Artigos de Foto e Vídeo»Projeto fotográfico une nu artístico e folclore brasileiro

Projeto fotográfico une nu artístico e folclore brasileiro

eMania https://blog.emania.com.br/content/uploads/2015/05/logotipo.png
eMania
6
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

Lobisomem e Boitatá foram os ensaios fotográficos de estreia de Folclore Nu – Desnudando a Cultura Brasileira. O projeto, criado pelo jornalista sul-mato-grossense Andriolli Costa, reúne nu artístico com mitos e lendas nacionais em um grande exercício de divulgação folclórica e criatividade. Serão sete ensaios no total, cada um com sete fotos – pois este é o grande número do folclore. Em cada foto, uma legenda explicará um pouco mais sobre cada mito retratado.

O objetivo do projeto é mostrar que o repertório compartilhado do folclore brasileiro pode inspirar não apenas histórias infantis, mas qualquer tipo de narrativa. A estética se une à informação, com a possibilidade de transmitir de maneira inovadora fatos pouco conhecidos sobre cada criatura do bestiário nacional. Ao final dos ensaios, uma bibliografia recomendada está disponível para instigar o aprofundamento e mostrar que a pesquisa pode ser uma grande fonte para a inspiração artística.

A expectativa é terminar todos os ensaios planejados até outubro deste ano e preparar uma exposição em Porto Alegre. Os modelos convidados, ao menos para esta primeira fase, foram todos amigos ou conhecidos que se encantaram com o projeto que não tem qualquer orçamento. Apesar dos primeiros mitos terem sido retratados por mulheres, haverá homens também no futuro.

Luiza Dornelles dá vida ao lobisomem que pouco tem a ver com a versão europeia do mito. (Foto: Andriolli Costa)

Foram sete meses de planejamento, pesquisa e pré-produção para chegar aos primeiros ensaios produzidos. Andriolli, que administra o blog O Colecionador de Sacis e pesquisa folclore na universidade, já trabalhava de maneira independente com fotografia em parceria com sua namorada Jessika Andras. No entanto, os dois não tinham nenhuma experiência com fotos de nu.

Quando o projeto começou a ser desenhado, buscando a relação entre a nudez do corpo com a natureza ancestral dos mitos retratados, Andriolli conta que precisou buscar referências. “corri atrás de workshops de ensaio íntimo, conversei com amigos que faziam esse trabalho, ofereci ensaios de graça aos amigos para testar direção e referência. Tudo como preparação para o projeto”.

Várias técnicas foram utilizadas para compor os ensaios. No boitatá, o fogo foi fisicamente incorporado à imagem. (Foto: Andriolli Costa)

É possível conferir os ensaios pelo link http://bit.ly/FolcloreNu  ou no Facebook, na página http://fb.com/folclorenu. Os próximos ensaios devem sair em agosto, durante a Semana do Folclore.

Post anterior

A HISTÓRIA POR TRÁS DAS FOTOGRAFIAS FAMOSAS: EXECUÇÃO DE UM GUERRILHEIRO

Próximo post

Atualização do Adobe Lightroom traz novas funções a diversas câmeras fotográficas

O Autor

Nizar Escandar

Nizar Escandar

Editor Chefe do Blog eMania