Câmeras Mirrorless ou DSLR: Como escolher o Sistema de Câmera Certo

Câmeras Mirrorless ou DSLR: Como escolher o Sistema de Câmera Certo

Quando você compra uma Câmera Digital com Lente Intercambiável, seja Mirrorless ou DSLR, está se comprometendo com um sistema de lentes e acessórios para acompanhá-la. Estamos aqui para ajudá-lo a escolher entre as principais fabricantes – Canon, Nikon e Sony – e para descrever o que outras marcas, incluindo FujiFilm, Olympus e Panasonic, têm a oferecer.

Se você está lendo isso, provavelmente está comprando uma Câmera Digital com Lentes Intercambiáveis. Você pode ser um fotógrafo de longa data que pensa em mudar de sistema ou um relativamente novato que quer ir além do smartphone. De qualquer forma, há diversas possibilidades por aí.

No mercado de hoje, se você leva a fotografia a sério o suficiente para comprar uma Câmera Digital, provavelmente está pensando em adicionar algumas lentes também. Isso torna a observação de todo o sistema, não apenas da Câmera Fotográfica que você está comprando, um aspecto importante.

Aqui, analisamos os diferentes sistemas vendidos por algumas das maiores fabricantes de Câmeras – Sony, Canon, FujiFilm e Nikon – e informamos o que seus concorrentes também têm a oferecer.

Prós e Contras Mirrorless ou DSLR

Câmeras Mirrorless ou DSLR: Como escolher o Sistema de Câmera Certo
Mirrorless vs DSLR

Se você não acompanhar de perto o mercado de Câmeras Digitais, seu cérebro provavelmente ainda estará preparado para pensar em DSLR como a única opção, mas depois de décadas sendo o principal pilar da tecnologia de câmeras, os modelos Mirrorless que não possuem o espelho oscilante e o visor óptico tem tomado uma grande força no mercado.

Câmeras Mirrorless “sem espelho” trocam o localizador ótico por um eletrônico e usam o próprio sensor de imagem para fazer o foco automático para resultados mais rápidos e precisos. Visores eletrônicos mostram uma visualização mais fiel de uma imagem, incluindo qualquer cor ou efeito de filtro que você está aplicando na câmera, e estendem a cobertura de foco automático para as bordas do quadro. E, embora os tamanhos variem, os EVFs tendem a mostrar uma imagem maior à vista do que as alternativas ópticas, especialmente ao compará-los com uma DSLR básica.

Também é aí que vemos melhorias sérias no desempenho e nas capacidades. Temos o primeiro Sensor Full-Frame empilhado na Mirrorless Sony a9II e na sua antecessora, já a Canon EOS R6 inclui estabilização de sensor e captura de vídeo 8K – você não encontrará essas funções em nenhuma câmera DSLR.

Ainda há argumentos à favor dos modelos DSLR. Alguns fotógrafos preferem absolutamente o visor óptico. Porém vemos mais desvantagens para DSLR e mais vantagens para câmeras com visores eletrônicos em tempo integral.

É por isso que, a partir de 2020, acreditamos que a maioria dos fotógrafos olhe primeiro para um modelo de Câmera Mirrorless. Você ainda pode comprar e namorar uma Câmera DSLR, e se essa for sua preferência, você deve verificar os modelos da Canon, Nikon e Pentax.

A questão é: por quanto tempo? A Canon afirmou que está totalmente voltada para o desenvolvimento de Câmeras Mirrorless e não planeja trazer novas Lentes EF para o mercado, embora ainda esteja atualizando os corpos das Câmeras Canon. A fabricante lançou a EOS 1D X Mark III este ano, e a Nikon está se juntando à essa atualização, com seu modelo Nikon D6, também em 2020.

Qual sistema é o certo para você? Mirrorless ou DSLR ?

Câmeras Mirrorless ou DSLR: Como escolher o Sistema de Câmera Certo

Os sistemas Mirrorless tendem a ser um pouco mais caros do que as DSLR na extremidade inferior do mercado. Se o custo inicial extra vale ou não a pena, é uma questão que você terá que responder a si mesmo. Achamos que sim, especialmente se você valoriza o autofoco rápido ao gravar vídeo (algo que você não conseguirá com todas as DSLRs).

Comprar um sistema de Câmeras Mirrorless ou DSLR não é apenas decidir se você quer um com visor ótico ou eletrônico. Ao escolher uma câmera, você está se prendendo a uma montagem de lente, a um sistema de flash proprietários e a compatibilidades de suas lentes e acessórios.

Alguns modelos têm melhor suporte a estes acessórios do que outros. Sistemas Mirrorless bem estabelecidos, incluindo a Linha FujiFilm X, MTF Micro Quatro Terços “M4/3” e as Sony E-Mount, estão no mercado há tempo suficiente para desfrutar de amplo suporte primário e de terceiros. Canon e Nikon estão jogando de forma séria nas Mirrorless há apenas alguns anos, mas oferecem compatibilidade com Lentes DSLR por meio de Adaptadores de Lentes para complementar suas linha de Câmeras Mirrorless RF e Z que estão em crescimento.

Para DSLR, você não pode errar com Canon EF ou Nikon F quando se trata de seleção de lentes; elas têm as bibliotecas primárias próprias, e de outros fabricantes mais amplas. Há uma opção de nicho, a Pentax K-mount, porém você não terá acesso a tantas lentes – já se passaram anos desde que a Sigma ou Tamron lançaram uma nova lente em montagem K da Pentax.

Alguns fabricantes de Câmeras Mirrorless ou DSLR mantêm várias opções de lentes e normalmente não são compatíveis entre si. A Canon tem três sistemas distintos atualmente em produção, enquanto outros, incluindo Nikon, FujiFilm e Panasonic, oferecem dois. Continue lendo para obter os detalhes sobre o que cada fabricante oferece.

Sopa de Letras da Canon

Câmeras Mirrorless ou DSLR: Como escolher o Sistema de Câmera Certo
Lentes Canon

A Canon agora tem quatro tipos de suportes para Montagem de Lente: EF, EF-S, EF-M e RF. As Montagens EF e a EF-S são usados ​​por Câmeras DSLR com Sensores Full-Frame e APS-C, respectivamente. Para Câmeras Mirrorless, seu sistema EOS M usa um formato de sensor APS-C e a montagem de Lentes EF-M, enquanto a série Canon EOS R é full-frame, com a montagem de Lente RF.

Se você comprar uma DSLR EF-S, ainda poderá usar Lentes Canon EF Full Frame, mas não poderá montar uma lente EF-S em uma Câmera EF Full Frame. Ambos os sistemas Mirrorless podem usar Lentes EF-S e EF com um Adaptador de Lente, mas a compatibilidade cruzada não vai além disso. Você não pode compartilhar um conjunto de lentes entre os dois sistemas Mirrorless.

Isso é muito para digerir. Significa apenas que, se você comprar a Canon, deve tomar cuidado ao escolher o seu sistema de Montagem de Lentes, pois nem sempre há caminhos de atualização claros que permitem que você leve as lentes existentes de uma Câmera Canon para outra.

Flashes são outro assunto muito importante. Toda a linha atual de Flash Canon usa o mesmo sistema de medição, portanto, qualquer Flash Speedlite funcionará com qualquer Câmera Canon. Se você estiver comprando um flash de terceiros, certifique-se de que ele é compatível com Canon E-TTL.

Canon Mirrorless: EOS M x EOS R

Câmeras Mirrorless ou DSLR: Como escolher o Sistema de Câmera Certo
Canon EOS R vs Canon EOS M

Com as opções Câmeras Mirrorless da Canon, é especialmente importante escolher entre o Sensor APS-C menor e amigável ao consumidor e o formato maior de Full-Frame usado por Fotógrafos Profissionais.

O sistema Canon EOS M, que usa a montagem EF-M Mirrorless, já existe há alguns anos. As Câmeras Canon Mirrorless são boas, com modelos mais novos oferecendo excelente resposta de foco automático. Embora a seleção de Lentes não seja vasta, ainda, a Canon trabalhou para manter todo o sistema compacto e preciso.

A maioria das Lentes EF-M da Canon são pequenas de zooms com aberturas estreitas, mas há diversas opções de modelos de lentes fixas. A Sigma vende um trio de Lentes Prime F1.4 para o sistema EF-M, adicionando um pouco de apelo para os entusiastas que desejam um kit muito portátil.

Mas se você quiser espaço para crescer como fotógrafo, não é minha principal recomendação. As lentes realmente excelentes não estão lá, e não esperamos que elas estejam. A Câmera Canon EOS M é mais adequada para famílias que desejam algo fácil de usar, rápido de enfocar em praticidade e peso, o suficiente colocar em suas malas de viagens.

O Sistema de Lentes RF Full-Frame é muito mais adequado para fotógrafos amadores. Possui vidro exótico, incluindo as Primes F1.2 e Zooms F2.8 com estabilizadores de imagem, junto com zoom de baixo custo e opções principais para fotógrafos que não têm um grande orçamento para lentes.

Canon DSLR de Montagem EF-S e EF

Câmeras Mirrorless ou DSLR: Como escolher o Sistema de Câmera Certo
Canon EF vs EF-S

As Câmeras DSLR da Canon remetem às imagens do cinema, portanto, considerá-la bem estabelecida é um eufemismo. Sua popular série Canon EOS Rebel usa a montagem EF-S e os modelos Full-Frame usam EF.

Por causa de sua idade e da longa posição da Canon no topo das paradas de vendas, o suporte para este Lentes Canon é vasto. Além de dezenas de lentes disponíveis na própria Canon, todos os principais fabricantes de lentes de terceiros oferecem suporte ao sistema.

Se você preferir uma DSLR, a linha atual da Canon tem alguns recursos fortes, incluindo o rápido Foco Dual Pixel para fotografia e vídeo ao vivo em todos os modelos, exceto os mais básicos.

No entanto, você deve tomar cuidado ao ler as análises de modelos individuais, porque ainda existem alguns modelos mais antigos à venda que não correspondem aos padrões atuais. A Canon tende a reutilizar tecnologia mais antiga em seus modelos básicos, e se você leva a fotografia a sério, eu consideraria uma opção de médio porte (a Canon 90D é a mais recente) como um ponto de entrada razoável para o sistema. Esqueça a básica Canon T7; ela está muito atrasada.

FujiFilm

Câmeras Mirrorless ou DSLR: Como escolher o Sistema de Câmera Certo
Fujifilm X System

A Fujifilm possui dois sistemas. Sua série X usa sensores APS-C, enquanto seus modelos GFX usam chips de formato médio de nível profissional – maiores do que aqueles que você encontrará nos modelos Full-Frame. Vamos presumir que você não está procurando um GFX.

O sistema X-Mount foi lançado há quase uma década e provou ser um sucesso entre os entusiastas graças aos controles de estilo analógico, estética retro e lentes de alta qualidade. Também inclui a Câmera Mirrorless com foco automático que você pode obter com um visor ótico, a Câmera FujiFilm X-Pro3 Mirrorless 4K .

Há um bom equilíbrio entre lentes acessíveis e opções de Lentes Premium, cobrindo visualizações que vão de Lentes ultra-grande angular a telefoto. Muitos oferecem proteção contra intempéries, combinando com a qualidade de construção das câmeras de ponta da Fuji. Mais importante, quase todas as lentes lançadas até agora provaram ter um desempenho incrível.

As Câmeras Fuji mais recentes também se beneficiam da história da FujiFilm como fabricante de pioneira de câmeras de filmes. Ele colocou o mesmo tipo de ciência da cor em seu mecanismo de processamento de imagem, permitindo que as Câmeras FujiFilm X imitem a aparência de muitos filmes clássicos como Velvia, Kodachrome e Acros. Você ainda pode trabalhar no formato RAW e processar o que quiser, mas os disparos para fotógrafos JPG estão acima e além do que é oferecido pelos concorrentes.

A nova Câmera FujiFilm X-S10 possui características fotográficas muito similares à do modelo X-T4 Mirrorless, lançada no segundo semestre deste ano, é a aposta da fabricante para quem busca um sensor APS-C, com conectividade Bluetooth e Wi-Fi integrada, que permite compartilhar imagens sem fio com um dispositivo móvel ou usar o dispositivo para controlar remotamente a câmera. Ela também possui vários modos de Simulação de Filme e faz vídeos em UHD 4K.

Sony

Câmeras Mirrorless ou DSLR: Como escolher o Sistema de Câmera Certo
Linha Sony Alpha

A Sony entrou no espaço das câmeras depois de adquirir a Minolta. Nos últimos anos, deixou de ser uma novata com um novo sistema “Mirrorless” para se tornar uma força dominante nesta indústria. Uma aposta inicial em Câmeras Full-Frame valeu a pena, dando à empresa uma vantagem de cinco anos na Canon e Nikon no desenvolvimento das Mirrorless.

A empresa ainda vende algumas Câmeras Sony com montagem de Lente A-Mount, um sistema DSLR que adquiriu junto com o negócio de câmeras da Minolta. A fabricante não lança uma nova Câmera Mirrorless ou DSLR Lente A-Mount há anos, e não esperamos mais no futuro. Esqueça de alguns modelos clássicos, como as câmeras Sony Alpha a68, a77II e a a99II do seu desejo de compra.

O sistema Sony Mirrorless E-mount é, ao contrário, tão vivo e poderoso quanto você pode imaginar. Inclui modelos APS-C como a mais recente Mirrorless Sony a6600, é o que recomendamos com mais entusiasmo. A Câmera Sony Alpha a7III Mirrorless com Sensor Full-Frame é a melhor câmera que você pode encontrar pelo preço e qualidade, já a Sony a7RIV oferece a melhor resolução da categoria, 61 Megapixels.

A Sony se beneficia de um robusto suporte de Lentes E-mount fabricada por de terceiros, com opções de foco automático disponíveis na Rokinon, Sigma, Tamron, Tokina, Sirui e Zeiss. Marcas menores como Voigtlander e Venus Laowa completam suas escolhas de foco manual com Designs Retrógrados espetaculares.

Quanto às Lentes originais da Sony, tem uma vasta opção de modelos, assim como é possível encontrar da Canon e Nikon. No entanto, suas Lentes Full-Frame são geralmente mais novas e de maior qualidade de construção do que o vidro com cobertura dedicada menor para as de sensor APS-C.

Colocamos a FujiFilm um pouco à frente quando olhamos para lentes feitas sob medida para o sensor de tamanho menor, mas a Fuji não oferece um caminho de atualização de Lentes Full-Frame. Se você está pensando em começar com um modelo APS-C, mas quer a opção de Full-Frame mais tarde, a Sony ganha a vantagem.

Lançada recentemente, a mais nova Mirrorless Full-Frame da linha Alpha, a Câmera Sony a7C promete ser uma grande aliada para Youtubers e Videomakers. Além de fazer Gravação de vídeo em UHD 4K, ela possui visor eletrônico, estabilização de imagem SteadyShot e suporte para lentes E-Mount.

Nikon

Câmeras Mirrorless ou DSLR: Como escolher o Sistema de Câmera Certo
Linha Nikon Z, com as Mirrorless Nikon Z6 e Nikon Z7

A Nikon suporta duas montagens de lente, cada uma com Lentes APS-C e modelos de Lentes Full-Frame. Suas DSLR usam montagem F-Mount para compatibilidade com lentes é usado a décadas. Os modelos Nikon Mirrorless usam a montagem Z-Mount e oferecem compatibilidade com Lentes DSLR Nikkor por meio de um adaptador.

A Nikon nomeia suas câmeras de sensor APS-C como DX, com FX reservado para câmeras Full-Frame. Anteriormente, ele suportava um formato CX menor, mas descontinuou a Câmera Nikon 1 que o usavam antes de apresentar o sistema Nikon Z.

Há uma Câmera Nikon DX Mirrorless até agora, a Nikon Z 50, mas eu a vejo como algo difícil de vender para fotógrafos iniciantes. A Nikon provavelmente não desenvolverá uma linha de Nikkor Z DX dedicada; seu roteiro de desenvolvimento está focado em Lentes Full-Frame.

Por causa disso, as Câmera Nikon Z com sensor FX são melhores pontos de partida se você enfatizar o aspecto da lente intercambiável das câmeras. A Nikon continuou a aprimorar seus modelos de primeira geração desde o lançamento com atualizações de firmware, para que a Nikon Mirrorless Nikon Z 6, Nikon Z 7 e recentemente a Nikon Z 7II todas Full-Frame Z-Mount permaneçam competitivas com recursos como detecção de olhos “eye detection” para animais e pessoas.

O sistema de Lentes Nikon ainda é jovem, entretanto, você pode ter que pegar o Adaptador de Montagem Nikon FTZ e uma Lente DSLR às vezes. A Nikon não lançou uma lente macro dedicada para o sistema Z-Mount ainda. Isso mudará no futuro, mas é uma preocupação se você estiver comprando hoje, especialmente devido à falta geral de suporte de Lentes de Terceiros para o sistema de montagem Nikon Z.

Para DSLR, os modelos básicos da Nikon oferecem mais apelo para fotógrafos com um orçamento maior em comparação com o que você pode obter da Canon. Apesar de não receber tantos elogios, a Nikon D3500 é uma Câmera DSLR tão boa quanto você encontrará por uma valor relativamente baixo. Você pode subir na cadeia de preços para obter um foco mais rápido e mais recursos. A linha de DSLR DX são as mais avançada da Nikon, a Câmera Nikon D500 foi certamente uma decepção para alguns, mas oferece um Foco incrivelmente rápido e preciso.

A linha de DSLR Nikon Full-Frame são umas das favoritas dos profissionais e você não deve se esquecer delas se preferir um visor ótico. A recente a Nikon D780 é uma escolha especialmente atraente, já que a experiência fotográfica ao usar o seu display traseiro é quase exatamente a mesma que a Nikon Z 7II, completa com foco de detecção de fase no sensor quase perfeito.

E a linha de Lentes Nikon é uma das mais fortes que existe. Existem opções de lentes Ultra-wide e de Fish-Eye em uma extremidade de espectro, e Teleobjetivas exóticas na outra. E ao contrário da montagem Nikon Z mais recente, as opções lentes de terceiros são amplas ao comprar com as de montagem F.

Quanto a questão de Flash, os Flashes Nikon Speedlight e Flashes i-TTL de terceiros compatíveis podem ser usados em toda a linha de Câmeras Nikon, independentemente do sistema de Montagem da Lente ou Formato do Sensor.

MTF Micro Quatro Terços (Olympus, Panasonic, entre outros..)

Câmeras Mirrorless ou DSLR: Como escolher o Sistema de Câmera Certo
Muitos usam Padrão de Lentes MTF Micro Quatro Terços M/43

O movimento moderno das Câmeras Mirrorless começou com o MTF Micro Quatro Terços usado com as siglas M4/3, um empreendimento conjunto da Olympus e da Panasonic. O formato do sensor é um pouco menor do que os outros, então as distâncias focais devem ser um pouco menores para obter visualizações de grande angular, mas também significa que existem muitas opções compactas disponíveis.

Certamente, existem algumas limitações que vêm com o sensor menor – até o momento, a resolução mais alta que vimos em uma Câmera MTF é de 20MP, e o formato menor significa que você precisa usar grandes Lentes f/1.2 para capturar imagens com um plano de foco muito fino, quando uma Lente f/1.8 barata renderá resultados semelhantes em uma Câmera Full-Frame.

O bokeh não é o melhor para a maioria das pessoas. Uma Câmera MTF M4/3, para quem valoriza um kit leve, talvez seja uma melhor opção. Há também a proposta de custo. Mesmo no nível básico, é fácil encontrar câmeras com gravação 4K e estabilização corporal, e por um pouco mais de dinheiro você também pode obter uma câmera com proteção contra intempéries muito forte.

Os modelos da Olympus tendem a enfatizar recursos para todos os climas e estabilização. Ele começou a adicionar alguns recursos computacionais para imagens de longa exposição e multi-shot, e tem uma enorme biblioteca de lentes. As Câmeras Mirrorless Panasonic, especialmente a série GH, como a Panasonic GH5, são as queridinhas do mundo do vídeo, graças ao suporte inicial para vídeo 4K. Existem muitas Lentes Panasonic também, vendidas sob a bandeira da Lumix, e as lentes são compatíveis entre si.

Há algum apoio de outras pessoas também. A Sigma faz algumas Lentes Prime de foco automático para o sistema, o mesmo trio de Lente F1.4 para sistemas Mirrorless concorrentes, e você pode obter lentes de foco manual da Rokinon, Meike, Sirui, Venus Laowa entre outros.

O futuro da Olympus está em fluxo – está em processo de venda e, embora o futuro proprietário JIP tenha declarado que planeja continuar com as linhas de câmeras existentes, só o tempo dirá.

L-Mount Alliance (Leica, Panasonic e Sigma)

Câmeras Mirrorless ou DSLR: Como escolher o Sistema de Câmera Certo
L-Mount Alliance ainda será um novo padrão da indústria ?

O padrão de montagem de lentes, L-Mount Alliance é uma aliança entre a Leica, Panasonic e Sigma. A Leica é uma das marcas fotográficas lendárias e está mais intimamente associada às suas Câmeras Rangefinder, de imagem dividida: um mecanismo de foco de detecção de alcance que permite ao fotógrafo medir a distância do assunto e capturar imagens com foco nítido, que usam uma Montagem M-System de foco manual. As mais recentes são as Rangefinder Leica M10 Monochrom e a Leica M10-R.

Há também um sistema mais amigável ao consumidor, com suporte para foco automático. A montagem L-Mount foi lançado em 2014, mas viveu em relativa obscuridade por anos. Isso mudou em 2018, com a Panasonic e a Sigma contratando o suporte para suas câmeras.

Desde então, a montagem em L-Mount ganhou um pouco de tração. Você pode comprar um modelo top de linha como a Leica SL2 Mirrorless ou optar por algo que seja competitivo com outras Câmeras Full-Frame em termos de preço, como a Panasonic Lumix DC-S1 Mirrorless ou Sigma FP Mirrorless.

As lentes da Leica custam tanto quanto você esperaria, mas as que usamos estão à altura de seu pedigree. Panasonic e Sigma oferecem boas opções e estão em crescimento, todas com Formato Full-Frame. Também existe alguns de modelos e lentes APS-C, todos elas da Leica. Não vimos nenhum indicador de que a Panasonic e a Sigma desenvolverão algo menor que Full-Frame, especialmente com a Panasonic continuando seu suporte para o formato de sensor MTF menor, abordado em detalhes mais tarde.

O sistema L-Mount tem algum apelo especial para criativos que trabalham principalmente com vídeo. Inclui modelos que gravam 4K com qualidade RAW – a Sigma FP Mirrorless – e a Mirrorless Panasonic DC-S1H com certificação Netflix, com vídeo de 6K e fotos de 24MP.

Existe uma área em que não é tão competitivo: fotografia de alta velocidade. Até o momento, todas as Câmeras L-Mount usam tecnologia de autofoco de detecção de contraste e não são tão adeptas do rastreamento de alta velocidade quanto as concorrentes com detecção de fase. Se você precisa de uma câmera que rastreia imagens a 10qps ou mais rápido, a montagem em L-Mount não será adequada.

Ricoh Pentax

Câmeras Mirrorless ou DSLR: Como escolher o Sistema de Câmera Certo
Lentes Pentax K Mount

Pentax, uma marca da Ricoh, é um nome reconhecível para fotógrafos que já existem há tempo suficiente para se lembrar de como era a vida antes do autofoco. Ele continuou na era digital, com modelos de Câmeras Digitais que suportam sensor APS-C e Full-Frame. Ele até se envolveu com as Câmeras DSLR de médio formato, série Pentax 645.

As Câmeras Pentax APS-C e Full-Frame usam a Montagem K, que remonta a 1975. Por causa dessa continuidade, você pode usar quase qualquer Lente K-Mount com DSLRs digitais modernas. Claro, muitas lentes serão limitadas ao foco manual.

Embora as Câmeras Pentax ofereçam alguns recursos sólidos, incluindo vedação contra intempéries até mesmo em preços muito acessíveis, elas ficam atrás da concorrência em outras áreas. Nenhuma suporta 4K e o foco automático não corresponde ao que você pode obter de uma DSLR Canon ou Nikon, muito menos uma Câmera Mirrorless.

A marca tem seus devotos, mas já se passaram alguns anos desde que vimos uma nova Câmera Pentax, tornando-a uma recomendação mais difícil para fotógrafos que investem em um novo sistema. Os fotógrafos que desejam equipamentos robustos para todos os climas com lentes de alta qualidade, mas leves, são muito mais atendidos pelo Sistema X-Mount da FujiFilm hoje.

A Ricoh promete lançar uma Pentax SLR nova e atualizada ainda este ano. Já foi visto novos modelos em feiras de negócios. Isso pode nos fazer mudar de opinião, mas por enquanto, as Câmeras Pentax são mais adequadas para fotógrafos já entrincheirados no sistema.

Você é a sua Melhor Foto

Cameras Mirrorless ou DSLR Como escolher o Sistema de Camera Certo

Há muito a se considerar ao comprar uma Câmera Digitais com Lentes Intercambiável, principalmente se pensarmos em Mirrorless ou DSLR. Se você espera pegar a fotografia como um hobby, não demorará muito para que você esteja ansioso para ir além do zoom inicial. Embora cada sistema cubra o básico, você pode encontrar um que seja mais adequado às suas necessidades e orçamento do que os outros.

Você também vai querer pensar sobre o formato do sensor. Se você adora imagens com muito desfoque de fundo ou fotos com resolução ultra-alta, gostará mais de uma Câmera Full-Frame do que de um modelo APS-C ou MTF. Por outro lado, nas APS-C você pode encontrar um sensor menor mais adequado se preferir um kit leve para caminhadas e viagens.

Você pode descobrir que escolher um modelo das três grandes – Canon, Nikon e Sony – é o que melhor atende às suas necessidades e desejos. Mas vale a pena explorar todas as suas opções, principalmente em lentes. Você pode encontrar um sistema de câmera que se encaixa perfeitamente, caso deseje conhecer algumas modelos de Câmeras Mirrorless ou DSLR e lentes de diversas marcas, acesse nossa Loja online, eMania Foto e Vídeo.

SOBRE NÓS

O Blog eMania é voltado para o segmento fotográfico, filmagem e cinema. Trazemos dicas de equipamentos, tutoriais, notícias, curiosidade, reviews e comparações de produtos para facilitar a vida do fotógrafo e cinegrafista profissional e amador.

[site_social_icons]