Home»Lançamentos»Metabones dará salto de qualidade as câmeras MFT’s

Metabones dará salto de qualidade as câmeras MFT’s

eMania
0
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

Com certeza os amantes da fotografia (em especial os portadores e simpatizantes das câmeras GH4 da Panasonic) ficaram bem empolgados com o lançamento feito na última semana. Isso porque a renomada empresa norte-americana Metabones anunciou através de um comunicado oficial, em parceria com a Caldwell Photography, a chegada de um novo adaptador de lentes, o Speed Booster XL 0.64x, elevando a qualidade no que se refere a um funcionamento com menor fator de corte e maior nitidez das imagens.

O aparato que já possuía sua versão para as câmeras de modelo Blackmagic agora também chega totalmente adaptado ao estilo de sensor Full Four Third, reduzindo o fator de corte natural de 2x para 0.64x. Se analisado com o funcionamento da câmera no modo 4K, a alteração fica ainda mais notável com a modificação de 2.34x para 1.50x, formato na mesma medida de uma Super 35, usada no cinema.

Metabones-adaptador-MFT-post-09-06

A abertura do obturador incluída no funcionamento desse adaptador da Metabones promete também atingir um novo patamar dentre as câmeras de modelo Micro Four Third (MFT). Isso porque, através de seu design óptico moderno de 6 elementos, a abertura pode atingir, considerando o uso de uma lente 10mm, incríveis f/0.80, algo que nenhum equipamento do tipo conseguiu obter até então. Mesmo com lentes mais grossas como, por exemplo, 20 ou 40mm, a abertura de obturação ainda chega a níveis bem interessantes: f/1.1 e f/1.81.

Assim como já acontecia em outros itens produzidos pela empresa radicada na Virgínia, o Speed Booster é modelado para não ocupar espaço de forma a atrapalhar a pilha de filtro que fica próxima ao sensor da máquina.

Além da já citada DMC-GH4, outros equipamentos, apesar de usarem o sistema de MFT e não de FMFT (Full Micro Four Third), também são compatíveis com o novo Speed Booster, casos da Olympus E-PL7 e também da Panasonic Lumix DMC-GH3.

A previsão da companhia é colocar em circulação o item ainda no mês de junho pela “módica” quantia de US$479 para lentes Nikon F/G e US$649 para lentes Canon EF.

Post anterior

Xtrax One: a câmera de ação nacional

Próximo post

Canon ou Nikon? Qual câmera profissional escolher?