Home»Artigos de Foto e Vídeo»Portal alerta para tendência de pagamento para divulgação no Instagram

Portal alerta para tendência de pagamento para divulgação no Instagram

eMania https://blog.emania.com.br/content/uploads/2015/05/logotipo.png
eMania
0
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

Cada vez mais os mais diversos setores econômicos se tornam competitivos, exigindo com que uma estratégia de mercado seja montada para divulgação no Instagram ou em outros veículos de largo alcance, por exemplo. Afinal, seja você um excelente profissional na área da fotografia, tenha uma ótima câmera digital, um variado jogo de lentes fotográficas, iluminação etc. só isso não lhe garantirá um grande público.

Nem mesmo ter um trabalho de absoluta qualidade, trazendo elementos novos, um estilo diferenciado ou com recursos que chamem bastante a atenção podem ajudar, mas não necessariamente vão fazer com que haja um alcance de pessoas o suficiente para “globalizar” seu talento. Para isso, algo que parece estar entrando bastante em voga é a divulgação no Instagram de forma monetizada.

Segundo divulgou uma matéria na última semana postada inicialmente no portal norte-americano RETOUCHIST e assinada por Pratik Naik, apesar dessa rede social em especial ainda não ter conseguido o mesmo tipo de público que é captado pelo Facebook, por exemplo, muitas contas que angariam mais de 100 mil seguidores já conseguem impacto maior até mesmo do que algumas revistas.

Com isso, a movimentação para que determinadas contas comecem a cobrar para divulgar as fotos ou imagens pertencentes a um fotógrafo profissional começa a criar raízes consideráveis. Com direito, inclusive, ao relato de um reconhecido atuante na área, David J. Crewe, demonstrar que já foi abordado para o oferecimento de divulgação no Instagram.

A mensagem de cunho comercial chega até mesmo a dizer que pratica provavelmente o menor preço desse tipo de serviço, deixando a entender que já existe uma rede de competição atuando de maneira intensa em divulgação no Instagram. Além de, evidentemente, levantar o debate a respeito de o quão esse tipo de medida pode ser eficiente ou mesmo se está enquadrado nas Políticas e Termos de Uso dessa rede social em especial.

E você, acha que é uma saída importante ou isso fere de alguma maneira questões éticas ou morais da área da fotografia ou artística em geral?

Comente

Post anterior

Como fazer um bom ensaio fotográfico com idosos?

Próximo post

Como usar o flash externo para capturar suas fotos?

O Autor

Alberto Barbosa

Alberto Barbosa

Formado em jornalismo no ano de 2012 pelo Centro Universitário FIAM, atuou em diversos segmentos da comunicação como editoras e sites de conteúdo esportivo. Foi editor e repórter do Universo dos Sports e hoje é, além de freelancer, colaborador do Torcedores.com e também do blog eMania.