Home»Artigos de Foto e Vídeo»Entendendo os tipos de Lentes NIKKOR — Compatibilidade

Entendendo os tipos de Lentes NIKKOR — Compatibilidade

eMania
11
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

Ler sobre todos os diferentes tipos de lente e as abreviações pode ser um pouco cansativo, então tentamos simplificar o máximo possível. Você está interessado em uma das novas lentes NIKKOR, mas não tem certeza se ela funcionará com a sua Câmera Nikon. Há uma maneira fácil de saber—ao verificar as abreviações que formam o nome de cada uma das lentes NIKKOR.

A Nikon faz dois tipos diferentes de câmera DSLR: com e sem mecanismo de foco embutido. As câmeras sem um mecanismo de foco embutido precisam usar uma lente que tenha esse recurso. A abreviação para as lentes que incorporam um mecanismo de foco embutido é AF-S. As lentes NIKKOR sem um mecanismo de foco incorporado são chamadas simplesmente de lentes AF.Lentes NIKKOR

As câmeras DSLR Nikon que têm um mecanismo de foco embutido são: D70, D70s, D80, D90, D100, D200, D300, D300s, D600, D610, D700, D750, D800/D800E, D810, D7000, D7100 série D1, série D2, série D3 e modelos D4, D4S e Df. Essas DSLRs Nikon podem utilizar as lentes Nikkor AF e AF-S. Ou, em outras palavras, como as NIKKORs AF-S têm o mecanismo de foco embutido na lente, elas podem ser usadas em qualquer câmera Nikon, com ou sem o corpo do mecanismo de foco, pois a lente em si controla a função de foco.
As câmeras DSLR Nikon mais de entrada, são projetadas sem os mecanismos de foco embutidos, para que sejam mais leves e menores que os modelos mais profissionais.

As DSLRs de entrada que não incorporam um mecanismo de foco embutido (e, assim, precisam usar lentes AF-S para tirar maior proveito da lente) incluem: D40, D40x, D60, D3000, D3100, D3200, D3300, D5000, D5100, D5200, D5300 e D5500. Se tiver alguma dessas câmeras, então é preciso usar a lente AF-S NIKKOR para aproveitar totalmente as capacidades de foco automático da lente. Mas o que acontece se você tiver uma das câmeras de entrada mencionadas acima e realmente quiser usar uma lente AF?

Uma lente AF NIKKOR pode ser usada em uma câmera de entrada (modelos mencionados acima), mas com funcionalidade limitada. Por exemplo, será necessário ajustar o foco da lente manualmente, usando o anel de foco no cilindro da lente. A telemetria eletrônica, que é visível na parte inferior esquerda do visor, confirmará se o assunto está em foco. Gire o anel de foco na lente e quando mudar para verde, o assunto estará em foco.

Um outro benefício das lentes AF-S NIKKOR é a utilização do mecanismo de Motor de Onda Silencioso (SWM) onde o foco é mais silencioso que nas lentes AF.

Lentes NIKKOR mais Antigas

Um dos principais aspectos do sistema de câmeras da Nikon é que a maioria das lentes mais antigas, aquelas que você talvez tenha usado em câmera SLR Nikon de filme, pode ser usada na sua câmera SLR digital (DSLR). Pode haver algumas limitações, dependendo de qual lente NIKKOR exatamente você quer usar com a sua DSLR, mas chegaremos lá em um minuto.

Lentes AI e AIS

A lente Micro NIKKOR 105 mm f/2.8, é uma lente AIs e possui foco manual.
A lente Micro NIKKOR 105 mm f/2.8, é uma lente AIs e possui foco manual.

O que acontece se você for usar lentes mais antigas, as que você usava com uma câmera SLR Nikon de filme?
Elas podem ser usadas desde que tenham sido fabricadas depois de 1977, pois foi quando a Nikon começou a fabricar as lentes AI. AI significa sistema “Automatic Maximum Aperture Indexing” (Indexação Automática de Abertura Máxima) para acoplamento da lente no sistema de exposição da câmera.

As lentes AI têm foco manual e podem ser usadas em qualquer Nikon DSLR, com poucas exceções. Em geral, as câmeras mais profissionais: Modelos série D1, série D2, D200, série D3, série D300, D600, D610, D700, D750, D800/D800E, D810, D7000, D7100, D4, D4S e Df poderão medir através das lentes AI NIKKOR. Câmeras intermediarias e mais de entrada, como: D70, D70s, D80, D90, D100, D40, D40x, D50, D60, D3000, D3100, D3200, D3300, D5000, D5100, D5200, D5300 e D5500 podem aceitar lentes AI NIKKOR, mas a exposição precisará ser determinada manualmente, usando um medidor de luz, não pela lente.

A lente AIS, que vieram depois, permitiram o controle de abertura automático, controlando a abertura com mais precisão.

(esquerda) Lente Nikon Ai NIKKOR; (direita) Lente Nikon Ais NIKKOR com sinalizador do pino na lente (destacado em vermelho).
(esquerda) Lente Nikon Ai NIKKOR; (direita) Lente Nikon Ais NIKKOR com sinalizador do pino na lente (destacado em vermelho).

Uma lente AI-P é manual e tem um CPU (basicamente, um computador) embutido; que é usada para transferir a fotometria da lente para a câmera.

Uma lente Nikon AF-I usa mecanismo de acionamento de foco sem fio D/C embutido para a operação de foco automático rápido e foi à primeira lente Nikon a oferecer o modo de foco M/A popular hoje em dia.

Então, independentemente das outras abreviações que você for encontrar nas lentes NIKKOR, certas câmeras Nikon DSLR mais de entrada precisam de lentes AF-S para funcionalidade total. As câmeras DSLR mais profissionais precisam apenas de uma lente AF para a funcionalidade do foco automático. Uma lente AI pode ser usada, ao focar manualmente, na maioria das câmeras Nikon DSLR, mas pode medir apenas pela lente.

Diferenças entre as lentes de foco manual e automático

Agora que já aprendemos um pouco da história das lentes NIKKOR, discutiremos a diferença entre as lentes NIKKOR de foco manual e automático.

Atualmente, a Nikon oferece lentes que têm operação de foco automático e outras que oferecem somente foco manual. Como, às vezes, talvez você queira controlar o foco, é possível definir o foco manualmente em qualquer lente NIKKOR de foco automático, basta definir a lente no modo de foco manual.

(esquerda) Lente Nikon AF-S de 24-120mm; (direita) Lente Nikon AF 24-120mm.
(esquerda) Lente Nikon AF-S de 24-120mm; (direita) Lente Nikon AF 24-120mm.

Lentes AF e AF-S NIKKOR

Sabemos que há duas séries de lentes de foco automático: AF NIKKOR e AF-S NIKKOR. As lentes AF e AF-S NIKKOR podem ser usadas no modo de foco manual.

As lentes AF NIKKOR usam um acoplamento mecânico entre a lente e o corpo da câmera. Nos vários corpos de câmera DSLR Nikon, o mecanismo de foco está na câmera e uma série de recursos aciona o mecanismo de foco da lente, que permite que ela foque.

O foco automático (Lentes AF e AF-S) é classificado em tipo G ou tipo D.

Lentes NIKKOR tipo D

A lente AF NIKKOR 35mm f/2D é um exemplo de lente do Tipo D .
A lente AF NIKKOR 35mm f/2D é um exemplo de lente do Tipo D .

Uma lente tipo D depende das informações da distância do assunto com relação à câmera para câmeras Nikon DSLRs que têm o recurso de

fotometria por matriz de cores 3D (todas as versões), fotometria por matriz 3D, flash de preenchimento com compensação de sensor múltiplo 3D e flash de preenchimento com compensação i-TTL. Muitas lentes tipo D possuem um anel de controle de abertura e podem ser usadas em câmeras Nikon SLR mais antigas, que permitem controle manual da abertura, bem como em DSLRs atuais (um recurso útil para ajustar a abertura ao gravar vídeos em modelos mais profissionais). Ao usar em uma DSLR, o anel de controle da abertura precisa ser travado na menor abertura possível (geralmente em laranja) e o controle de abertura é mantido pelo disco de comando da câmera.

Lentes NIKKOR tipo G

Uma lente nikkor tipo G não possui o anel de controle de abertura e é para ser usada em DSLRs Nikon que permitem que a abertura da lente seja ajustada pelo disco de comando da câmera. Como as lentes tipo G se baseiam na informação de distância do assunto com relação à câmera, onde são usadas para ajudar a determinar a exposição do flash e ambiente, elas também são consideradas lentes tipo D. A falta do anel de controle de abertura talvez seja a maneira mais fácil de dizer se a lente é NIKKOR tipo G ou não. [A lente AF-S NIKKOR 24-120mm f/4G ED VR, mostrada acima (imagem à esquerda), é um exemplo de lente tipo G. Veja que não há nenhum anel de abertura nessa versão de lente, enquanto que há um anel de abertura na versão AF, acima, à direita.

Lentes NIKKOR de Foco Manual

Por outro lado, as lentes NIKKOR de foco manual não têm a capacidade de foco automático. As lentes de foco manual podem ser usadas nas DSLRs Nikon atuais no modo de foco manual.
Com a inclusão da captura de vídeo em alta definição nas DSLRs da Nikon, as lentes primárias manuais (ou de distância focal fixa) estão reconquistando sua popularidade. As lentes de foco manual não usam a fotometria da câmera em várias DSLRs; assim, consulte o seu manual de instruções para entender a compatibilidade das lentes NIKKOR de foco manual e sua câmera. [A lente Micro NIKKOR 105 mm f/2.8, que aparece como exemplo de lente AIS no início deste artigo, possui foco manual].

Confira também aqui no Blog eMania nossa Matéria ” Como Ler o Tubo da sua Lente Nikon NIKKOR

Entendendo os tipos de Lentes NIKKOR — Compatibilidade

Fonte: Nikon Learn & Explore

Post anterior

Fotografando grávidas: deixe o marasmo de lado

Próximo post

Venus Optics anuncia nova Lente Laowa 105 mm f/2