Home»Dicas de Fotografia»10 dicas para você se tornar um expert em Fotos de Casa

10 dicas para você se tornar um expert em Fotos de Casa

eMania
2
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

Nos últimos tempos, muito em função das transformações econômicas que vêm ocorrendo no país, alguns fenômenos de mobilidade profissional tem ocorrido, fazendo com que segmentos profissionais diferentes se integrem e andem juntos, como complementos ou ampliações.

No caso em questão trata-se de uma espécie de cooperação que vem ocorrendo em dois ramos de atividade: a fotografia e o setor imobiliário.

Nessa associação, profissionais da fotografia tem buscado parceria com o setor de vendas de imóvel, colocando a sua arte à disposição para incremento das vendas e aquecimento desse segmento que, como todas as demais, têm sofrido com a atual crise econômica instalada no país.

Tirando fotos de casa e apartamentos (seja como freelancer ou a serviço de uma imobiliária), esses profissionais têm contribuído para a divulgação de imóveis que, para a opinião de qualquer envolvido no setor imobiliário, não são mais vendidos apenas por intermédio de uma placa de “vende-se esta casa”.

São necessárias uma série de mecanismos extras onde a atuação dos profissionais em fotografia, como agentes de divulgação, em muito tem contribuído para o fechamento de negócios e o incremento das vendas nesse setor.

Michel Cury Neto, diretor executivo da SeekOn Negócios Imobiliários salienta que:
Ultimamente notamos no setor imobiliário em geral a percepção por parte de vendedores e imobiliárias que o apelo visual – com anúncios que contemplem fotografias de qualidade e que transmitam as características mais importantes do imóvel – é parte imprescindível para despertar o interesse de compradores e interessados e, desta forma, para a concretização dos negócios “.

Segue, portanto, algumas dicas simples e práticas de como desenvolver e aprimorar-se nessa atividade; a fim de que o fotógrafo, seja ele profissional ou não, possa capturar fotos de imóveis com maior qualidade e conhecimento do assunto.

1. Fique atento aos detalhes e decoração do imóvel
fotos de casa decoracao

Uma preocupação que todos os que se dedicam à fotografia devem ter, ao se enveredarem por esse segmento de fotos de casas para divulgação imobiliária, é quanto à decoração do imóvel, que deve ser pensada como uma forma de valorizar ainda mais o seu trabalho fotográfico.

Ele deve estar atento a detalhes da preparação do ambiente, com a retirada do excesso de objetos ou artefatos em cima dos móveis; preparar o banheiro fechando a tampa do vaso sanitário, tirando excesso de quinquilharias e papel higiênico e toalhas de rosto; retirando talheres, louças e demais utensílios da cozinha, que poderão ocultar os armários e demais mobílias; não esquecendo de posicionar artisticamente cada móvel do ambiente.

Além disso, deve experimentar o posicionamento adequado de obras de arte e objetos que valorizem o ambiente, como: quadros, arranjos de flores e peças de artesanato, para que a foto do imóvel transmita uma aparência equilibrada, organizada e que agrade à visão do futuro comprador.

2. Tenha cuidado com a iluminação

É opinião de 10 entre 10 especialistas em fotografia, que a iluminação é o fator primordial para que o resultado da foto de uma casa esteja de acordo com o ideal de valorização da imagem e do ambiente em si.

Logo, evite o registro fotográfico na contraluz, preferindo o lado oposto de onde procede o foco luminoso, pois essa incidência contra a câmera tende a desfigurar o resultado da fotografia, escurecendo-a e tirando dela o referencial dos detalhes do acabamento da casa e da beleza da decoração.

A expressão de ordem entre os fotógrafos quando o assunto é luminosidade é: quanto mais luz melhor!

Logo, acenda todas as luzes do ambiente (mesmo se ainda for dia), utilize o flash da câmera para garantir ainda mais luminosidade, escolha momentos especiais do dia (como o pôr do sol ou o alvorecer, pois resultam numa luminosidade especial) e mantenha portas e janelas abertas durante o processo de fotografia.

Além disso, ao tirar a foto do imóvel, faça algumas fotos de teste para ver se a iluminação está adequada, tendo o cuidado de não fotografar regiões espelhadas, que irão refletir o flash da câmera; evitando também as fotos da fachada do imóvel entre 11h:00 e 15h:00, quando o sol está no seu ápice e pode produzir sombras indesejadas.

3. Escolha bem o seu equipamento fotográfico
fotos de casa equipamento

Mesmo parecendo simples, tirar fotos de casa pode tornar-se algo complexo se o equipamento fotográfico for deficiente ou não adequado e configurado para o ambiente, horário do registro das fotos e condições de luminosidade do imóvel.

Use as chamadas lentes grande angular, capazes de abranger todo o ambiente, de forma equilibrada e natural. Dê preferência às câmeras profissionais, pois possuem uma melhor resolução e garantem mais fidelidade, como as point in shoot ou até mesmo as Câmeras DSLR; e esteja atento às condições do seu equipamento antes mesmo de sair de casa.

No entanto, não se descarta o uso de celulares e smartphones para o registro de fotos de casa e apartamentos.

Sendo necessário apenas que tenham uma boa qualidade (com pelo menos 5 megapixels de resolução) e que o ambiente seja o mais iluminado possível, para um melhor resultado da foto de um imóvel com celular.

Usar também os seus aplicativos e demais recursos, que permitem editar, corrigir detalhes e imperfeições; além de produzir efeitos, impossíveis de serem conseguidos pelas máquinas fotográficas tradicionais.

4. Esteja atento aos melhores ângulos para o registro da foto
fotos de casa angulo

Para obter uma qualidade ainda maior nas fotos de imóveis, é imprescindível que o fotógrafo tenha algum conhecimento sobre os melhores ângulos para o registro das imagens e assim valorize e aproveite ao máximo as qualidades do ambiente.

Uma foto tirada por cima garante um ângulo não usual e inesperado para quem aprecia a imagem. O registro feito pelo ângulo com maior abertura dá uma impressão de que o imóvel é maior do que realmente. E fotografar piscinas, por exemplo, de uma altura de pelo menos 1 metro dá uma maior impressão de profundidade.

Além disso, experimente começar a tirar a foto do imóvel pelo melhor ambiente da casa (pois, ao acessar as imagens pela internet, o cliente já receberá o impacto da primeira foto). Não se esqueça de utilizar a regra dos terços, que ensina como fazer um melhor enquadramento do ambiente para que toda a sua estrutura fique equilibrada e harmônica.

5. Cuide da configuração do seu equipamento fotográfico

Utilize tripés para que a foto de casa não seja comprometida devido a oscilações do equipamento ou utilize-se de qualquer base sólida no caso da impossibilidade de se trabalhar com o tripé para fotografia. Experimente utilizar o recurso de disparo automático da câmera, que deverá ser acionado quando tudo já estiver pronto.

Outra sugestão é usar o tipo de lente ideal para cada ambiente. No caso de fotos do interior do imóvel, dê preferência às lentes fotográficas de grande abrangência, que permitem que todo o espaço da casa seja privilegiado durante o registro; além de utilizar recursos de edição como o Lightroom e o Photoshop, que permitem a correção de imperfeições.

Além disso, mantenha o seu equipamento sempre configurado para que não haja surpresas durante o processo de fotografia do imóvel e ajuste o ISO da câmera fotográfica; um recurso que auxilia na valorização da luz em suas fotos.

6. Valorize regiões importantes ou singulares do imóvel
fotos de casa regiao

Ao fazer a foto de casa, é recomendado que o profissional aproveite ao máximo as suas qualidades e singularidades, e que nenhuma característica que possa diferenciá-la das demais seja esquecida durante o processo fotográfico.

Fique atento, portanto, para peças com valor artístico e objetos ou estruturas em gesso ou mármore; forros, pisos antiderrapantes e obras de arte; e tudo mais que possa ser registrado na foto de um imóvel, mas que não seja considerado de gosto duvidoso.

Observe detalhes, como uma arquitetura antiga ou uma fachada imponente. Valorize ângulos que se mostrem mais favoráveis ao registro; lembrando-se que a foto de casa, quando feita de forma profissional, pode resultar num trabalho exitoso e com um valor reconhecidamente artístico.

Essa é uma dica que vale tanto para um profissional como para alguém que esteja iniciando sua carreira atuando no segmento de fotos de casa, pois servirá como um diferencial do seu trabalho; em algo incomum e que só você, utilizando-se do seu talento e sensibilidade, pode oferecer.

7. Faça com que a foto de casa transmita um ar de aconchego
fotos de casa aconchegante

Para que a foto do imóvel não pareça artificial, tenha cuidado com o recurso do flash em ambientes já bastante coloridos. Nesses casos, o flash acaba transmitindo um ar de artificialidade e de uma casa “montada” para uma exposição fotográfica; sendo, portanto, necessário escolher bem em quais situações esse recurso deve ser utilizado, de preferência em ambientes não muito iluminado e em tons pastéis.

E para finalizar, decore a casa com móveis tipicamente familiares e que transmitam uma impressão de naturalidade, para que a foto do imóvel ofereça ao futuro comprador a sensação típica de um lar; com todas as “irregularidades” e particularidades de uma residência.

Quando o profissional consegue transmitir na foto de casa a sensação de aconchego e de conforto, ele estará não só agregando um valor emocional ao imóvel, como atraindo a atenção de possíveis inquilinos durante um acesso à internet, por exemplo. Que muitas vezes é feito de forma rápida e distraída.

8. Procure entender um pouco sobre arquitetura

Essa é uma dica importante e que permite não só que a foto de uma casa tenha o resultado esperado: que é a de uma casa familiar e natural, como também orientar o profissional para o processo fotográfico dos mais diversos ambientes e estruturas, como: apartamentos, prédios, paisagens e demais ambientes.

Um certo conhecimento de arquitetura o ajudará a enquadrar melhor os elementos de um ambiente, com harmonia e sem exageros.

Terá noção de objetos e estruturas que podem ser utilizados no ambiente para destacá-lo ainda mais; fazendo com que ele transmita na foto do imóvel um conceito não usual e inesperado, que dará ao possível cliente um desejo maior de conhecer a casa.

Além disso, através de um razoável conhecimento de arquitetura (que não precisa ser profundo) a foto de um imóvel, produzida até mesmo por um amador, trará a marca da sua personalidade; além de lhe permitir trabalhar melhor as linhas do ambiente com graça e bom gosto.

9. Dê atenção a todo o entorno do imóvel
fotos de casa completa

Para que a foto de uma casa seja ainda mais valorizada, nunca é demais lembrar que ela está fixada num local que pode ter um entorno digno de ser registrado. Essa preocupação deve estar na mente do fotógrafo na hora de capturar a foto de um imóvel, com o intuito de que ela pareça o mais natural e próxima o possível da realidade.

Portanto, dê atenção à fachada, área de lazer, playground e salões para festas. Fotografe também a rua (caso seja bem estruturada e passe um ar agradável e familiar). Seja criativo, observando árvores frutíferas, construções próximas; e até mesmo fixando-se no tipo de material e na sua estrutura, tanto internamente como externamente; utilizando esse recurso de forma equilibrada e com originalidade.

E, finalmente, se pretende que a foto do imóvel traduza uma sensação de proximidade com o futuro comprador, detalhes como a rua em que ela está estabelecida e sua vizinhança, poderão chamar a atenção, de forma positiva, do candidato a novo dono do imóvel.

10. Experimente associar-se a imobiliárias e sites de venda de imóveis

Essa é uma dica que não só lhe garantirá mais trabalho, como experiência com fotos de casa, já que há muito interesse dessas empresas por profissionais que as auxiliem com a divulgação e valorização do seu negócio.

Junto a elas, o fotógrafo poderá negociar formas de trabalho diversas, como: em regime de freelancer (podendo cobrar pela hora trabalhada, com todos os acréscimos relativos aos custos com deslocamentos, manutenção do equipamento, alimentação, etc.). Ou tirar fotos de casa em regime de contrato, cobrando pelo tamanho ou valor do imóvel e calculando o tempo gasto para a execução do serviço.

Sem contar que junto a sites e imobiliárias, o fotógrafo amador poderá enveredar definitivamente por essa profissão. Somando-se a vários outros profissionais que hoje têm a oportunidade de realizar não apenas um trabalho técnico e prático, como desempenhar a função de um típico artista no ramo da fotografia.

E você, está pronto para iniciar nas fotos de casa ? Deixe-os um comentário abaixo.

Post anterior

Danilo Russo revela os segredos do maior congresso de fotografia Newborn do planeta

Próximo post

Phase One XF introduz novo update para seu sistema