Home»Dicas de Fotografia»Situações para usar câmeras Full Frame ou APS-C

Situações para usar câmeras Full Frame ou APS-C

eMania
1
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

Há quem tenha dúvidas sobre que tipo de câmera usar ou comprar: uma câmera de sensor Full Frame ou APS-C.

Tudo sempre gira em torno do custo-benefício ou do melhor desempenho para o tipo de foto desejada.

Tecnicamente falando, o sensor Full Frame se assemelha aos antigos filmes analógicos e têm um tamanho de 36mm x 24mm. Já o sensor APS-C tem uma área menor, 22,3mm x 14,9mm.

O que realmente acontece é que o sensor APS-C tem uma área menor que o sensor Full Frame. Isso acaba gerando fotos com ângulos mais fechados ou “cropadas” no sensor APS-C.

A diferença entre os dois sensores é o que caracteriza o famoso “fator de crop“.

De forma bem resumida, o sensor APS-C tem uma área menor que o sensor Full Frame. Por isso, a captação do sensor APS-C é mais fechada. Chamamos essa diferença de angulação de fator de crop, cuja proporção, no caso do APS-C, é de 1,6x.

Comparativo entre o ângulo de uma câmera Full Frame e APS-C

Ou seja, independentemente do tipo de lente, a câmera com sensor APS-C (ou “cropado”) sempre vai gerar uma imagem 1.6x mais fechada que a câmera com sensor Full Frame.

Isso tem aplicações práticas bem interessantes que podem ser usadas como vantagens para diferentes tipos de fotos.

Full Frame – Mais área de foto

Como o sensor full-frame tem maior área de captação, as fotos por ele geradas também têm mais espaço de imagem.

Isso pode ser ótimo para aquelas fotos em que você quer captar um assunto bem grande, como em uma paisagem, por exemplo.

Caso queira captar uma grande planície, usar uma lente grande-angular com uma câmera Full Frame pode ser a opção mais indicada.

Isso porque a imagem terá bastante espaço nas laterais e trará o potencial desta lente indicada para registrar amplitudes.

Ou então, quando você quer usar a distorção de perspectiva característica das lentes grande-angulares ou fisheye. Toda a capacidade de angulação que estas lentes têm será plenamente explorado nas câmeras com sensor Full Frame.

Isso acontece porque o sensor não limitará a angulação e trará esse aspecto mais ovalado e aberto que lentes desse tipo têm.

City of Chicago from above with Fisheye lens looking like world

A linha de câmeras Canon com sensor Full Frame disponíveis hoje são  EOS 6D,  EOS 5D Mark IV, 5Ds, 5Ds R e  EOS 1D-X e 1D-X Mark II.

APS-C – Maior aproximação nas fotos

Como as câmeras com sensor APS-C geram uma imagem mais fechada, pode ser uma vantagem utilizar câmeras deste tipo para as situações em que você deseja ter bons detalhes de fotos feitas à distância.

Por exemplo, digamos que você queira captar um surfista no mar, mas está na areia da praia. Uma boa sugestão pode ser usar uma câmera digital com sensor APS-C em conjunto com uma lente tele e trabalhar com o fator de crop ao seu favor.

Nesse caso, vamos usar a EF-S 55-250mm f/4-5.6 IS STM, uma lente tele.

Para descobrir o ângulo captado por sua lente quando estiver com uma câmera APS-C,  basta fazer um cálculo simples: multiplique a distância focal, ou as distâncias focais, pelo fator de crop,  neste caso, por 1.6.

Por isso, no caso da lente EF-S 55-250mm f/4-5.6 IS STM para fotografia de surfista, você terá um ângulo similar a uma lente 88-400mm.  Sendo 55 x 1.6 = 88 e 250 x 1.6 = 400.

Novamente: esse efeito acontece porque o sensor APS-C capta um ângulo mais fechado da cena por conta do seu tamanho.

O gráfico abaixo ilustra a diferença de angulação entre as câmeras Full Frame e APS-C.

Ou seja, apesar de ter uma área menor que o sensor Full Frame, utilizar uma câmera APS-C pode ser uma vantagem nestes casos em que você busca maiores detalhes a longas distâncias.

Isso também serve para diversas outras situações em que você queira fotografar de longe: natureza, esportes, etc.

As DSLRs Canon que têm sensor APS-C são as câmeras EOS da linha Rebel (T5,  T6, T5i, T6i e T7i, por exemplo), EOS 70D, EOS 80D e EOS 7D Mark II.

———————-

Não há uma câmera DSLR melhor que outra quando o assunto é tamanho de sensor. Tudo depende do tipo de foto que você deseja captar e qual é o custo-benefício que o equipamento lhe trará.

Faça a sua escolha de câmera e boas fotos!

Fonte: Canon College

Post anterior

Canon adiciona novos episódios a série "Exploradores da Luz"

Próximo post

A diferença entre as Lentes EF e EF-S