Home»Artigos de Foto e Vídeo»Como Fazer Fotos HDR de Tirar o Fôlego?

Como Fazer Fotos HDR de Tirar o Fôlego?

eMania https://blog.emania.com.br/content/uploads/2015/05/logotipo.png
eMania
44
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

Existe uma grande discussão sobre as fotos HDR no mundo da fotografia, dezenas de profissionais fazem uma verdadeira guerra sobre a necessidade ou não destes tipos de imagens. Está quase para a briga entre a Microsoft X Apple no mundo dos PCs.

Contudo, se você alguma vez já se deparou com alguns exemplos de fotos HDR, provavelmente, ficou se perguntando como poderia criar e processá-las com sucesso e obter uma ótima fotografia HDR.

Então, vamos deixar esta discussão de lado e focar na forma como você pode fazer fotos HDR surpreendentes para que seus espectadores digam “uau”. Vou tentar deixar este artigo tão claro de forma que qualquer fotógrafo possa criar suas fotos HDR e que isso se torne tão fácil, quanto dizer: um… dois …três.

Em primeiro lugar, você já tentou fotografar uma cena de alto contraste e quando foi conferir o resultado final se sentiu frustrado, porque ela simplesmente não fazia justiça ao seu assunto? Não se preocupe, a maioria dos fotógrafos já passaram por essa mesma situação, ao menos, uma vez na vida. Eu sei, é horrível está sensação! Aliás, não conseguir retratar perfeitamente aquilo que seus olhos vêem em uma fotografia é quase o fim do mundo para um fotógrafo, não acha?

Mesmo com a exposição perfeita, existem certas cenas que se tornam impossíveis de alcançar o contraste perfeito, o balanço sempre parece fora dos eixos em algum lugar da imagem, não importa o que você faça. Mas, apesar do fato de que é quase impossível encontrar um meio termo nestes tipos de situações, há uma solução muito mais prática do que tentar ajustar as configurações de sua câmera.

Este velho dilema pode ser resolvido através da magia do pós-processamento para fotos HDR. A melhor parte é que qualquer fotógrafo pode conseguir esse resultado seguindo as dicas abaixo. Mãos a obra, ou melhor, olhos na tela!

O que são fotos HDR?
fotos high dynamic range

HDR significa High Dynamic Range, também chamado de Grande Alcance Dinâmico. Para aqueles que não estão tão familiarizados com este jargão de alta tecnologia, fotos HDR são basicamente a diferença entre as taxas de luz e sombras mais altas que você pode capturar em uma foto.

Uma vez que o assunto ultrapassa a faixa dinâmica da câmera, os detalhes mais brancos da imagem podem ser demasiadamente refletidos, ou ainda, os cantos escuros podem aparecer como grandes manchas pretas, dificultando a identificação completa da imagem.

Notoriamente, pode ser muito difícil de tirar uma foto que captura ambas as extremidades deste espectro com clareza, mas com técnicas modernas de fotografia e softwares avançado de pós-processamento, os fotógrafos encontram maneiras de fazer isso acontecer. Em outras palavras, isso é basicamente do que se tratam as fotos HDR: um estilo específico de foto com um alcance dinâmico anormalmente elevado que não poderia ser alcançado em uma única fotografia.

Um exemplo muito comum das fotos HDR é quando você tenta capturar o pôr do sol. A sua câmera procura regular o sensor de luz para o excesso de luminosidade que parte do sol, como consequência, as outras partes da imagem podem ficar muito escuras, especialmente, o plano de fundo da imagem. Para corrigir isso você pode capturar várias imagens deste cenário, com tempo de exposições e velocidades do obturador diferentes, para montar na sequência, uma foto HDR de tirar o fôlego e conseguir o equilíbrio adequado para toda a sua imagem.

Esta técnica de fotografia, computação gráfica e processamentos de imagens de forma geral, foi desenvolvida por Charles Wyckoff na década de 1940. Naquela época, o maior emprego das fotos HDR era retratar, com detalhes, as explosões nucleares.

Hoje em dia, você provavelmente já viu esses tipos de imagens espalhados pela Web. Dependendo de como elas são processadas, as fotos HDR podem ser reproduções incrivelmente precisas do que nossos olhos vêem, de qualquer assunto. Podemos chamá-la ainda, da arte surreal que transforma a realidade em uma foto dos sonhos em alta definição.

Como funcionam as fotos HDR?
fotos hdr como funciona

Quando nos referimos a Dynamic Range falamos sobre a diferença entre os extremos. No que se refere à fotografia e exposição falamos sobre a diferença entre a parte mais clara da cena e as partes mais escuras.

Basicamente, a essência das fotos HDR é conseguir de três a nove imagens do mesmo assunto, tiradas com diferentes combinações de velocidade do obturador e exposição, a fim de produzir um conjunto de fotografias com diferentes luminosidades.

Em seguida, juntamente com um software de edição de fotos, usam-se todas essas imagens para criar uma fotografia melhor. Com a ajuda de um software avançado de pós-processamento, o fotógrafo é capaz de misturar as fotos e criar uma única imagem composta das partes mais focalizadas, bem iluminadas e coloridas da cena.

Antes de começar, deixe-me esclarecer uma coisa que as pessoas muitas vezes se confundem, nenhum visor da impressora ou do computador é capaz de exibir uma imagem verdadeiramente com alta gama dinâmica, por isso, o resultado será sempre aproximado do ideal.

O que você precisa para tirar fotos HDR?

Antes de sair em uma missão para criar suas fotos HDR assustadoramente bonitas, você vai precisar de algumas coisas básicas. Para melhorar os seus resultados, aqui estão elas:

1.      Câmera
fotos hdr camera

A sua câmera profissional deve possuir um enquadramento automático de exposição, tratado essencialmente como Função AEB pelos principais fabricantes. Embora, este requisito não seja 100% necessário, sem ele você vai ter que ajustar as configurações da sua câmera manualmente para cada fotografia que deseja tirar de seu assunto.

A configuração manual de sua câmera digital pode trazer dois problemas principais para as suas fotos HDR. Primeiro, aumenta as chances de você mover a câmera, o que significa maior dificuldade para alinhar as suas fotos HDR no pós-processamento. Em segundo lugar, você irá levar mais tempo para conseguir capturar as suas fotos, aumentando a probabilidade de seu assunto se mover ou mudar de posição.

O ponto fundamental é que se suas fotos não se alinham perfeitamente, suas fotos HDR ficarão muito estranhas e não vão conseguir retratar o seu assunto fielmente. Não tem certeza se sua câmera tem uma característica de Exposição AEB? Procure por informações no manual do usuário ou consulte o site do fabricante.

2.      Tripé
fotos hdr tripe

Para conseguir fotos HDR fantásticas você vai precisar, inevitavelmente, de um tripé ou outro tipo de estabilizador para sua câmera. É possível fotografar com a sua câmera diretamente em suas mãos, mas permanecer com o equipamento firme a todo tempo pode ser mais difícil.

De novo, a estabilização das suas fotos HDR é um passo importante para facilitar o alinhamento das imagens e, assim, conseguir melhores resultados e diminuir o trabalho no pós-processamento, especialmente, se você não é um amante de computadores ou não domina o seu software de fotos HDR.

Apesar de alguns softwares oferecerem o alinhamento das fotografias de seu assunto, usar um tripé para câmera vai garantir que as suas fotos sejam idênticas, variando apenas a exposição e velocidade do obturador. Exatamente, como deve acontecer em todas as fotos HDR.

3.      Software para fotos HDR
fotos hdr software

Como o mapeamento dos tons de suas fotos HDR será feito por algoritmos, quanto mais poderoso o software, melhores serão os resultados. O consenso entre a comunidade de fotografia HDR sugere que o Photomatix é a melhor opção.

Logicamente, para quem pretende apenas se aventurar no mundo das fotos HDR, desembolsar algumas centenas de reais nas licenças destes programas pode ser muito caro e desnecessário. Entretanto, aos fotógrafos que desejam conseguir excelentes fotos HDR e querem transformá-las em hábitos de seu trabalho, com certeza, todo o investimento será recompensado.

Em relação aos fotógrafos aventureiros, podem usar de uma boa opção livre, como o Luminance HDR, também muito recomendado no cenário de fotos HDR. Apesar de não custar um centavo, é um dos programas mais capazes e flexíveis para fotos HDR conhecidos. Trabalha com seis diferentes algoritmos para misturar suas fotos, então, não importa se você deseja um olhar mais realista ou surrealista, será capaz de alcançá-lo com este programa grátis.

Os softwares gratuitos podem ser bons para começar o seu trabalho com as fotos HDR, mas tenha em mente que podem ser extremamente limitados e se você quiser efeitos diferentes, vai precisar comprar outro programa mais completo.

Como tirar fotos HDR impressionantes?

Uma vez que você tem todos os equipamentos necessários reunidos para criar as suas próprias fotos HDR, é hora de sair em busca de suas fotografias. Porém, como qualquer coisa na fotografia, você não pode fazer isso de qualquer jeito, há uma série de coisas que precisa considerar antes de começar a disparar o obturador de sua câmera.

Aqui estão algumas dicas para obter uma boa foto:

1.      Assunto estático

Devido à natureza das fotos HDR e a sucessão de vários níveis de exposição em cada quadro, você não será capaz de capturar um objeto em movimento muito facilmente. As fotos HDR não combinam muito com coisas que se movem. A calma é o nome do jogo aqui, então, procure filmar uma cena que não mude muito drasticamente em um período de 5 a 10 segundos.

2.      Alto contraste
fotos hdr contraste

Tente manter-se atento para as cenas e temas que têm um grande contraste, perceptível entre as áreas claras e escuras. Isso geralmente é mais fácil dizer do que fazer uma vez que os nossos olhos já enxergam em HDR, mas se você puder encontrar esses tipos de cenas será recompensado no final, sem nenhuma dúvida.

Imagens com grande variação de contraste são os tipos de tiros que mais beneficiam as técnicas de pós-processamento HDR, uma vez que, de outra forma, não seria capaz de capturar toda a gama dinâmica desta imagem.

3.      Fotos em RAW
fotos hdr raw

Se o seu cartão de memória é grande o suficiente, tire fotos no formato RAW. JPEGs usam uma compactação pesada para reduzir o tamanho do arquivo isso, normalmente, resulta em uma perda notável de detalhes das suas imagens.

O fato determinante para a qualidade da imagem em arquivos no formato RAW é devido a sua profundidade de cor. Em quanto as imagens JPEG levam 8 bit por canal, ou seja, as cores são processadas de 0 a 255 por canal, na RAW a profundidade aumenta para 16 bit.

A diferença entre a profundidade de cor destes formatos é justamente o alcance dinâmico e nas fotos em RAW você possui muito mais informações referentes a iluminação da imagem em cada pixel. Por isso a preferência deste formato de imagens para criar suas fotos HDR.

Fotografar em RAW é melhor para conseguir fotos HDR fascinantes, mas demora um pouco mais para a sua câmera processar e escrever cada imagem em seu cartão de memória. Para contornar esta situação, você pode usar um cartão SD de classe 6 ou 10, eles têm maiores velocidades de gravação e vão ajudar a reduzir o tempo que sua câmera leva para armazenar imagens RAW.

4.      Controle de cor nas fotos HDR
fotos hdr cor

Uma das maiores queixas das pessoas que não gostam de fotos HDR é a coloração exagerada que essas imagens podem ter. Não há nada de errado com imagens fortemente coloridas, alguns fotógrafos profissionais são verdadeiros apaixonados pelas cores na fotografia.

No entanto, saber como controlar as cores está no centro da fotografia profissional e com as fotos HDR não poderia ser diferente. Muitas vezes, o culpado por essas cores gritantes em suas fotos HDR é o controle de saturação dos softwares de pós-processamento.

Quando você escolhe o padrão predefinido, a barra de saturação fica em 45. Apesar de esta ser uma configuração padrão, ela é muito forte. Para evitar as cores fortes em suas fotos HDR, o recomendado é que a barra de saturação não exceda de 35.

5.      Sombra e brilho nas fotos HDR
fotos hdr sombra e luz

As fotos HDR, por sua própria definição, servem para resgatar destaques e partes mais escuras de uma cena. Nosso objetivo é criar uma gama de luz muito mais próxima de nossos olhos, do que nossa câmera é capaz de capturar em um único quadro.

A tendência, portanto, é que os fotógrafos HDR evitem o recorte a todo custo em suas fotos HDR. Em última análise, as sombras dentro das nossas imagens começam a diminuir e nossos tiros, por vezes, carecem de destaques.

Entretanto, as sombras são absolutamente fundamentais na criação de humor, e fortes rajadas de luz permitem que nossas imagens criem uma verdadeira explosão de energia para os espectadores. Sem estes dois atributos, podemos ficar com imagens planas que simplesmente não despertam nenhum sentimento nas pessoas.

6.      Valores de luminosidade proporcionais
fotos hdr luminosidade

Existem alguns programas de HDR incríveis disponíveis hoje. Com um simples clique de um botão você pode misturar várias exposições para deixá-las com uma imagem que ultrapassa de longe uma única exposição em termos de gama de luz.

Mas, este software não é perfeito. Ele não sabe a diferença entre o céu e um carro, por exemplo. Então, ele não pode processar imagens em termos de objetos ou áreas específicas. É o seu trabalho, como o mestre da fotografia, controlar a forma como a imagem é processada.

Um “erro” muito comum em fotos HDR é ter o céu mais escuro do que o primeiro plano, ou sombras com o mesmo brilho que os tons médios, ou meios-tons mais brilhantes do que os destaques.

Nos programas para edição de fotos HDR, geralmente há um controle deslizante que muda a ênfase da luz. No Photomatix é chamado Ajustes de iluminação, deslize-o para a direita e vai criar uma distribuição de luz natural, onde os destaques, meios-tons e sombras estão corretamente colocados. Mova-o para a esquerda e os destaques escurecem, enquanto as sombras ficam mais claras.

Uma regra básica que pode ajudar a distribuir de forma correta a luminosidade em suas fotos HDR é a seguinte: se o céu é mais brilhante nas imagens originais, então ele também deve ser mais brilhante na foto HDR final.

O mesmo vale para meios-tons e sombras. Nunca crie uma imagem em que os valores de luminosidade são invertidos, porque quando as pessoas olharem para ela, simplesmente não vai se encaixar adequadamente em suas mentes.

Conclusão sobre as fotos HDR
fotos hdr conclusão

As fotos HDR tem um mau nome no mundo da fotografia. Digite as palavras “fotografia HDR” no Google Imagens e você terá uma ideia do por que. Cores fluorescentes, pixels amolecidos, ruído e halos ofuscantes saltam para fora das imagens, conforme você rola para baixo os resultados da pesquisa.
No entanto, as técnicas de fotos HDR, se usadas corretamente, sejam elas por mapeamento de tons ou mistura digitais, podem ajudar a criar imagens impressionantes.

As fotos HDR são excelentes para retratar mais fielmente aquilo que visualizamos a olho nu, talvez por isso seja considerada uma fotografia artística. É claro que os conceitos, dicas, técnicas e estratégias podem ser mais amplas do que as abordadas neste artigo, porém, o principal objetivo é despertar o debate sobre o tema.

Enquanto isto não é uma lista exaustiva de dicas sobre fotos HDR, já é um bom começo para você ficar no caminho certo na captura de suas primeiras fotos de alta Dynamic Range. Acima de tudo, lembre-se que essas dicas são nada mais do que orientações básicas para você conseguir suas fotos HDR com sucesso. São realmente bons conselhos, mas não deixe que essas dicas impeçam os seus impulsos artísticos.

Quando se trata de fotos HDR, para conseguir imagens surreais e realistas, o fotógrafo deve permanecer como a mente aberta em termos de fluxo de trabalho e métodos de processamento. Como artista não existe uma ferramenta ou técnica inútil, nós apenas não descobrimos ainda como usá-la corretamente.

Experimente e brinque muito, assim você vai começar a ter uma ideia de suas próprias técnicas e sacadas para fotos HDR arrasadoras. Você tem alguma coisa para adicionar sobre fotos HDR a este artigo? Deixe um comentário abaixo!

Post anterior

Canon anuncia novo preço para ME20F-SH

Próximo post

Astrofotografia: como fazer imagens de estrelas

O Autor

Nizar Escandar

Nizar Escandar

Editor Chefe do Blog eMania