Home»Artigos de Foto e Vídeo»Conheça Joe Giron e a arte de fotografar partidas de poker

Conheça Joe Giron e a arte de fotografar partidas de poker

eMania
1
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

Um dos esportes mais mentais que existem, o poker demanda muita habilidade e concentração do jogador. Por mais que os competidores tentem não revelar suas emoções para não influenciar no resultado da partida, muitas vezes elas não conseguem ser contidas e momentos emocionantes acontecem ao longo dos torneios. E, claro, isso é um prato cheio para os fotógrafos.

Surpresa, vitória, alívio e outras feições. Há poucos no mundo que fotografam poker tão bem como Joe Giron. Ele é uma celebridade da área, e especialista em capturar momentos inesquecíveis em diversos torneios ao redor do mundo.

O jeito como Giron fotografa é um pouco diferente da maioria. Profissional experiente, trabalhou durante bom tempo no ramo da música, que lhe deu um jeito diferente de olhar o poker. Além disso, tem muita experiência em jornais de notícias e outras áreas. Ele afirma que o segredo do lado musical é buscar mínimos detalhes que podem contar uma ação inteira, e isso pode fazer toda diferença quando a qualidade da foto depende muito do movimento ideal. É exatamente isso que ele faz quando trabalha com jogo de cartas.

Brazilian Football Player Neymar Jr at the WSOP.
Brazilian Football Player Neymar Jr at the WSOP.

Cobrindo os torneios mais importantes do mundo desde 2005, Giron também é um dos profissionais mais experientes e com muitas histórias para contar. Com essa bagagem, o respeito é grande.

Desde que começou, há 11 anos, a fotografia vem em constante mudança com o advento da tecnologia, e Giron afirma que isso também se aplica ao poker. Segundo o fotógrafo, a tecnologia precisa andar ao lado do profissional e estar aberto a novas opções é sempre uma vantagem que não dá para desconsiderar.

“Acredito que eu sou muito bem recebido pelos colegas e jogadores. Acho que muito disso tem a ver com a qualidade do trabalho que eu faço. Eu cheguei no ramo como um profissional reconhecido e estabilizado, não era só mais um com uma câmera tentando fazer meu nome.”

O respeito por Giron só aumentou após conseguir a maior premiação da carreira desde que começou a cobrir o esporte. O Poker Content of The Year Award é um dos prêmios mais cobiçados pelos fotógrafos, e ele venceu a última edição com estilo.

E ele ganhou esse troféu pelo trabalho feito numa edição do World Series of Poker, em julho. Os maiores momentos capturaram a caminhada de Daniel Negreanu. O jogador é uma das maiores estrelas dos jogos de baralho, e inclusive é reconhecido como um dos grandes campeões. Em 1998, por exemplo, com apenas 23 anos de idade tornou-se o jogador mais jovem a ganhar um bracelete da World Series. Acompanhar de perto a trajetória do canadense foi ainda mais especial por causa do status dele.

Negreanu foi muito emotivo durante sua trajetória no torneio, e não conseguiu esconder a insatisfação quando foi eliminado no evento principal e terminou com a 11ª colocação geral.
Conheça Joe Giron e a arte de fotografar partidas de poker

“Foi sensacional. Ele caiu no chão após a eliminação, e rendeu uma foto incrível. Aquela imagem descreve todo sentimento incluso.”

É fotos como essa que Giron espera em cada torneio, mas está longe de ser um trabalho fácil. Torneios podem ter horas de duração, e não tem como ficar sentado em algum lugar fixo esperando o melhor ângulo. Por se tratar de um esporte de habilidade que acontece numa mesa, ele precisa se movimentar o tempo todo em busca do melhor lado e posição para tirar a foto ideal.

Além de ser muito ativo durante os torneios, conhecer o esporte também é uma vantagem que ele sabe usar a seu favor. Giron pratica quando é possível, na maioria das vezes com amigos, em Las Vegas. Saber o que está acontecendo na mesa é fulcral para antecipar os próximos movimentos dos jogadores e esperar o ângulo certo.

2013 Bracelets
2013 Bracelets

Conhecido como “olho dourado do poker”, Giron espera continuar na modalidade por muito tempo. Outras fotos como essa de Negreanu ainda estão por vir, e adicionar muito bem no seu vasto acervo de mais de uma década no esporte.

Fotografar poker é uma arte, e ninguém melhor do que Giron para ser um porta-voz desse ramo. Seu trabalho é inspirador para outros profissionais, e 2017 será outro ano cheio na agenda do fotógrafo.

Post anterior

9 mentiras sobre fotógrafos e fotografia

Próximo post

LADY DIANA: A MULHER MAIS FOTOGRAFADA DE TODOS OS TEMPOS