Home»Dicas de Fotografia»6 dicas para melhorar o seu ensaio boudoir e tirar boas fotos !

6 dicas para melhorar o seu ensaio boudoir e tirar boas fotos !

eMania
7
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

O termo francês usado para definir o quarto de uma mulher, cômodo usado pelas senhoras para trocar de roupas ou tomar banho, também ficou muito conhecido na fotografia de casamento. O ensaio boudoir é usado para presentear o noivo com imagens sensuais e provocantes de sua futura esposa, mas sem nudez na maioria das vezes.

O objetivo destas imagens é demonstrar sensualidade com sentimento, valorizando as curvas da mulher. Por isso, a procura por álbuns boudoir tem crescido bastante e você como fotógrafo deve se preparar para essa tendência.

Abaixo seguem seis dicas de fotografia práticas e úteis para melhorar o seu ensaio boudoir e capturar lindas imagens. Veja!

1. O local deve ser íntimo

O ambiente onde serão tiradas as fotografias boudoir não tem muita importância, desde que você saiba valoriza-lo nas imagens e dar o efeito desejado. Contudo, esse pode ser um grande diferencial para a modelo ou cliente. Em que lugar ela se sentiria mais confortável para registrar essas imagens sensuais? Na sua própria casa, em um hotel ou estúdio fotográfico?

Converse com a modelo e faça essas perguntas para ela. O ideal seria fazer o ensaio boudoir na casa dos noivos ou onde pretendem passar a lua de mel, por exemplo. Além das fotos sensuais servirem de antecipação para este momento tão esperado, terão um significado ainda maior para o casal.

Da mesma forma, quanto mais íntimo e acolhedor o lugar escolhido mais naturais as fotos vão parecer. Isso sem esquecer que um local conhecido pela noiva pode ajudá-la a se soltar durante o ensaio boudoir.

2. Deixe a modelo relaxada

A fotografia boudoir está diretamente ligada com a sensualidade da mulher e, para isso, a modelo precisa relaxar e curtir o momento. Caso ela esteja tensa durante as capturas, isso pode ficar evidente através de suas mãos ou ombros.

Por esse motivo, o seu trabalho como fotógrafo também diz respeito a tranquilizar a cliente. Converse sobre assuntos corriqueiros para eliminar a tensão e evite falar diretamente sobre a nudez, pelo menos em um primeiro momento. Procure fazê-la esquecer de que está trajando roupas íntimas, por exemplo. Geralmente, as pessoas se sentem vulneráveis nessas circunstâncias.

Se perceber que ela está muito tensa pare o ensaio boudoir. Coloque a câmera de lado por alguns minutos e sugira alguns exercícios de relaxamento para a noiva. Algumas inspirações e expirações sequenciadas são úteis para eliminar a tensão e deixá-la mais tranquila durante as fotos.

3. Não exagere nos equipamentos

Quando falamos em um ensaio boudoir, há grandes chances de você precisar se deslocar com seus equipamentos fotográficos. Nessas horas menos é mais! Quanto menor o número de equipamentos necessários para a fotografia boudoir, mais fácil fica para transportá-los de um lugar para outro.

Em razão disso, não exagere! Para um quarto pequeno, por exemplo, dois flashes externos, um suporte e uma sombrinha são suficientes para cuidar da iluminação do ambiente. De resto as configurações de sua câmera DSLR dão conta do recado.

Além disso, saiba improvisar durante as fotos sensuais. Você pode utilizar móveis do ambiente como acessórios fotográficos. Um banco simples, por exemplo, serve como um apoio para você capturar imagens do alto e assim por diante. Use a criatividade não só para as imagens, mas também para encontrar ferramentas improvisadas de trabalho.

4. Escolha uma iluminação mais acolhedora

Não tem desculpas, um ensaio boudoir deve ser acolhedor, romântico e sensual ao mesmo tempo. Se você está no mundo da fotografia há algum tempo, já sabe que uma boa iluminação pode render esses efeitos em suas imagens, não é mesmo?

Eu diria que boa parte do esforço na fotografia boudoir está ligado à iluminação, seguida da interação com a modelo, é claro. Neste caso, dedique o tempo necessário para criar uma iluminação condizente com a mensagem que deseja transmitir.

Um efeito amarelado, por exemplo, dá um aspecto mais quente e acolhedor à fotografia. Você consegue retratar isso em suas imagens subindo o balanço de branco, dependendo a fonte de iluminação que está usando.

5. Sem Photoshop é melhor

Tudo depende do objetivo do ensaio boudoir. No entanto, como ele é usado para presentear o noivo, sem edição é melhor. É claro que correções de cor ou leves retoques não têm problemas, mas evite criar imagens perfeitas, como aquelas vistas em revistas.

O casal já se conhece, logo é importante que as fotografias sejam fiéis à realidade. Ao menos devem ser o mais próximo disso possível. Sendo assim, evite retocar muito a fotografia no Photoshop ou outro editor de imagens.

Caso a cliente peça isso a você, tente argumentar o verdadeiro sentido da fotografia boudoir. Mostre a ela que o objetivo é ser sensual, mas não perfeita. Afinal de contas, não há mal nenhum em ter algumas estrias ou não ser uma modelo de passarela, não é mesmo?

6. Não se esqueça da privacidade

Chegamos a um dos itens mais importantes de nossas dicas para melhorar seu ensaio boudoir. Ao contrário do que acontece em outros estilos fotográficos, na fotografia boudoir você tem de lidar com uma modelo inexperiente, geralmente a sua cliente.

Por causa disso, o fotógrafo deve ter jogo de cintura, bom senso e respeito acima de tudo. Respeite o espaço da mulher a ser fotografada e não invada a sua privacidade. Reserve um lugar no qual ela possa se trocar durante o ensaio e dê privacidade a ela.

Se for necessário, saia do quarto entre as capturas para que ela mude o look. Lembre-se que o mais importante é fazê-la se sentir bonita e confortável durante todo o ensaio, combinado? Além disso, esse profissionalismo também pode render indicações de futuros trabalhos com a fotografia boudoir.

Embora as configurações de câmera digital e outros cuidados sejam semelhantes com outros estilos da fotografia, durante um ensaio boudoir você tem preocupações específicas como vimos acima. Esses são aspectos importantes na hora de criar esses álbuns sensuais e conseguir um resultado final espetacular. Por isso, fique atento a todas as dicas!

Não se esqueça também de usar a criatividade a vontade em um ensaio boudoir. Quanto mais ousadas e criativas forem as imagens, melhor o efeito do álbum. Caso já tenha feito essas capturas ousadas em sua carreira como fotógrafo, compartilhe suas experiências abaixo.

Post anterior

Sesc Sorocaba se destaca pela variedade de oficinas relacionadas a fotografia

Próximo post

Andreas Gursky e as fotografias que priorizam a altíssima dimensão